Compre a Cerveja DUM Petroleum Madeiras Amburana 355 ml por R$ 34,90 com Frete grátis para São Paulo Capital e Grande SP em compras a partir de R$ 160,00
DUM
Product ID: 155
Product SKU: 155
Cerveja DUM Petroleum Madeiras Amburana 355 ml

Cerveja DUM Petroleum Madeiras Amburana 355 ml

Marca: DUM Referência: 155


Não disponível

Enviar
Avise-me quando estiver disponível

Cervejaria: DUM
País: Brasil
Estilo: Russian Imperial Stout
Teor Alcoólico: 12 %
Volume: 355 ml
Coloração: Negra
Aroma: Adocicado, canela e coco queimado 
Copo: Pint, Snifter
Temperatura para consumo da Cerveja:  8 a 12° C
Harmonização: Sobremesas à base de banana, cheesecake, chocolate, crème brulée, panna cotta, sorvete, torta de framboesa, torta de limão, maçã, morango, noz pecan, trufa de chocolate, Brownie com sorvete de creme.
 
HISTÓRIA E INFORMAÇÕES SOBRE O ESTILO DA CERVEJA

Para nos ajudar na tarefa de criar versões de Petoleum com madeira convidamos nosso amigo Agenor Maccari Junior, professor da Universidade Federal do Paraná (UFPR) , um grande estudioso das madeiras brasileiras que iniciou seus estudos em microbiologia e fermentação ainda como estudante de Agronomia. Concluída  a sua graduação, atuou como pesquisador no Centro de Pesquisa e Processamento de Alimentos (CEPPA), o que culminou no Mestrado em Tecnologia de Alimentos e no Doutorado em Tecnologia Pós-Colheita, na Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Ele desenvolve diversas pesquisas na área de produção de bebidas, com destaque para os trabalhos com tosta de tonéis e uso de madeiras brasileiras para envelhecimento de cachaça.
Seus conhecimentos são aplicados também na produção da premiadíssima Cachaça Porto Morretes. Vencedora de juris internacionais, a Porto Morretes ganhou cinco medalhas no Concours Mondial Spirits Selection 2014, bem como venceu o VI Brazilian Meeting on Chemistry of Food and Beverages . Trata-se de uma cachaça orgânica, ou seja, a cana de açucar é cultivada sem o uso de agrotóxicos e o processo industrial é isento de aditivos químicos. A grande maioria da produção é destinada à exportação, por isso é pouco conhecida do público brasileiro. Vale a pena procurar uma garrafa.
Sendo assim, nada melhor do que utilizar os barris de cachaças premiadas da Porto Morretes para fazer uma Petroleum com madeira. Seguindo as dicas do professor Maccari, maturamos as cervejas em três madeiras diferentes: Amburana, Castanheira do Pará e Carvalho Francês, cada uma com um tipo específico de tosta. O processo de maturação de bebidas em madeiras com diferentes níveis de tosta é uma paixão do professor, que consome boa parte de suas horas de folga.
Amburana: Com o uso de barris com tosta alta, a cerveja maturada adquire aroma adocicado, intenso, com notas de especiarias, particularmente  canela e aroma pronunciado de coco queimado. O sabor intenso, com gosto doce, o residual amargo e a adstringência são persistentes.
 
Russian Imperial Stout – Eram cervejas produzidas na Inglaterra, com um alto nível de lupulagem e alta densidade, visando à exportação para os Estados Bálticos e Rússia, onde era popular entre a corte imperial. Hoje, é ainda mais popular com os cervejeiros artesanais norte-americanos, que estenderam o estilo com características norte-americanas únicas. De coloração marrom avermelhado escuro ao preto bem opaco, apresenta, tanto no aroma quanto no sabor, o malte torrado intenso que remete a chocolate meio amargo, chocolate amargo, cacau e café forte. O sabor e o amargor do lúpulo também devem estar presentes. A presença de ésteres frutados remetem a frutas escuras como uva-passas, ameixa e o aquecimento devido ao teor alcoólico é bastante evidente. No retro gosto (sabores e sensações que ficam na boca após o gole), persiste o malte torrado que pode ser seco a moderadamente doce, amargor do lúpulo e o aquecimento alcoólico.

Deixe seu comentário e sua avaliação







- Máximo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avaliação:
Enviar
Faça seu login e comente.

Características